CALCULADORAS > DROGAS DE EMERGÊNCIA

[/arm_restrict_content]

portalped - divisor cadeado

Está gostando desse texto?

Cadastre-se gratuitamente no PortalPed para ler o restante da matéria!

 
É importante ressaltar que o cálculo das doses são fornecidas estritamente para auxílio ao médico. Toda a responsabilidade de condução do caso em si é aferida completamente a ele.

Calculadora de emergência:




Nome da Instituição:
Nome do Paciente:
Data: 20/04/2024
Sexo:
 
Peso: kg
Idade:
Estatura:
SINAIS VITAIS
Frequência Cardíaca
Em vigília bpm
Média bpm
Em sono bpm
Frequência Respiratória irpm
Pressão Arterial PAS PAD
Pressão Normal (p50)
Hipotensão (<p5) PAS < mmHg
CARDIOVERSÃO SINCRONIZADA
1ª carga J
2ª carga J
Taquicardia supraventricular (TSV)
Flutter atrial
Taquicardia ventricular com pulso palpável (TV)
DESFIBRILAÇÃO
1º Choque J (onda bifásica)
2º Choque J (onda bifásica)
Choque subsequentes J (onda bifásica) até
Fibrilação ventricular (FV)
Taquicardia ventricular sem pulso (TV)
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS
Bolsa de reanimação
Máscara O2
Cânula orofaríngea (mm)
Lâmina laringoscópio
Tubo endotraqueal (mm)
Fixação tubo (LS) em cm
Máscara Laríngea
Vol cuff Máscara laríngea
Fio guia
Sonda de aspiração (Fr)
Manguito de PA
Cateter EV (G)
Scalp (G)
Intraóssea (G)
Cateter venoso central (Fr)
Sonda gástrica (Fr)
Sonda Vesical (Fr)
Pás manuais/autoadesivas de desfibrilação
Dreno de tórax (Fr)
DROGAS DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA
Adenosina (3 mg/mL)
Dose: IV/IO
1ª dose = 0,1 mg/kg
2ª dose = 0,2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: Taquicardia supraventricular (TSV)
  • Doses: 1ª dose 0,1 mg/kg (Máx: 6 mg = 2 mL) e 2ª dose 0,2 mg/kg (Máx: 12 mg = 4 mL)
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: A infusão tem que ser em bolus muito rápido seguido de flush de NaCl 0,9% 3-5 mL

Adrenalina (1 mg/mL) (1:1.000)
Dose: PCR: IV/IO
0,01 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: 1 mL da medicação + 9 mL de água destilada ou NaCl0,9% (1:10.000)


  • Indicação: Parada Cardiorrespiratória (PCR) em assistolia, Atividade Elétrica Sem Pulso (AESP) ou Bradicardia sintomática
  • Doses:
    0,01 mg/kg IV/IO
    (Máx: 1 mg = 10 mL) da diluição 1:10.000 ou
    0,1 mg/kg ET (Máx: 2,5 mg = 2,5 mL) da diluição 1:1.000
    Repetir a cada 3-5 min
  • Via de Administração: IV / IO (preferenciais) ou ET
  • Observações: sem possibilidade de acesso venoso ou IO, pode ser utilizada ET seguida de 5 mL de NaCl 0,9% e 5 ventilações

Adrenalina (1 mg/mL) (1:1.000)
Dose: Anafilaxia: IM
0,01 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: 1:1.000: sem diluição


  • Indicação: anafilaxia
  • Doses: 0,01 mg/kg IM (Máx: 0,3 mg = 0,3 mL) da forma 1:1.000
    Repetir a cada 15 min conforme necessidade
  • Via de Administração: IM no músculo vasto-lateral da coxa
  • Observações: Adultos: pode-se utilizar até 0,5 mg/dose
    Após dose inicial IM, caso apresente hipotensão, fazer dose de 0,01 mg/kg (Máx: 1 mg) IV da formulação 1:10.000 a cada 3-5 min. Se a hipotensão persistir, considerar infusão contínua de 0,1-1 mcg/kg/min

Amiodarona (50 mg/mL)
Dose: IV/IO
5 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 5 mL SG 5%


  • Indicação: FV/TV sem pulso e TSV/TV com pulso
  • Doses: 5 mg/kg (Máx: 300 mg = 6 mL), pode repetir até 3 vezes (Máx: 15 mg/kg/dia)
    Adolescentes e adultos pode chegar até 2,2 g/dia
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: FV/TV sem pulso: fazer em bolus
    TSV e TV com pulso: fazer lento em 20-60 min

Atropina (0,25 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,01-0,02 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: bradicardia sintomática devida a estimulação vagal ou BAV primário, intoxicação por carbamato e organofosforado. Não há evidência como pré-medicação em SRI, mas pode ser considerado em casos de maior risco de bradicardia.
  • Doses:
    IV/IO: 0,01 (somente na SRI) - 0,02 mg/kg
    Dose única máxima de 0,5 mg, podendo ser repetida 1 vez, dose total máxima para criança 1 mg = 4 mL e adolescentes 3 mg = 12 mL
    Intoxicação por organofosforado ou carbamato utilizar doses maiores:
    <12 anos 0,02-0,05 mg/kg a cada 20 min
    >12 anos 2 mg inicialmente, seguido de 1-2 mg a cada 20 min, até reversão dos sintomas muscarínicos

    ET: 0,04-0,06 mg/kg, seguida de 5 mL NaCl 0,9% e 5 ventilações
  • Via de Administração: IM / IO ou ET
  • Observações: sem possibilidade de acesso venoso ou IO, pode ser utilizada ET seguida de 5 mL de NaCl 0,9% e 5 ventilações
    Existe apresentação de 0,25 mg/mL e 0,5 mg/mL

Bicarbonato de sódio 8,4% (1 mEq/mL)
Dose: IV/IO
1 mEq/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 1 mL de água destilada


  • Indicação: acidose metabólica grave, hipercaliemia, intoxicação por bloqueador de canal de sódio (antidepressivo tricíclico)
  • Doses: 1 mEq/kg (Máx: 50 mEq = 50 mL). Velocidade máxima de infusão em neonatos e crianças: 10 mEq/min
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações:
    Diluição 1:1 com AD
    Administração de rotina de bicarbonato na PCR não é recomendada
    Para intoxicação por bloqueador do canal de sódio 1-2 mEq/kg até alcançar pH > 7,45, seguido de infusão contínua de uma solução com concentração de 150 mEq de bicarbonato/litro
    Precipita quando combinado com cálcio

Cetamina (50 mg/mL)
Dose: IV/IO
1 - 2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: sedação e analgesia
  • Doses: 1-2 mg/kg, doses adicionais de 0,5 mg/kg IV/IO ou 2-4 mg/kg IM. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO ou IM
  • Observações: Agente dissociativo com propriedades sedativa, analgésica e amnésica
    Não estabelecida segurança do uso em < 3 meses
    Tem efeito broncodilatador e preserva os reflexos das vias aéreas
    Necessita de proteção da luz
    Sua mistura com barbitúricos ou diazepam ocasiona precipitação
    Aumenta pressão arterial, intraocular e intracraniana
    Pré-medicação com atropina pode ser feita para diminuir secreção

Diazepam (5 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,1 - 0,3 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: convulsão e sedação
  • Doses: 0,1-0,3 mg/kg (Máx: 10 mg = 2 mL) IV/IO/IM
  • Via de Administração: IV / IO ou IM
  • Observações: Administrar em 1-3 min
    Via IM tem absorção errática
    Tem propriedade ansiolítica
    Sem propriedade analgésica
    Existe formulação em gel para utilização via retal: 2-5 anos 0,5 mg/kg, 6-11 anos 0,3 mg/kg e >12 anos 0,2 mg/kg

Difenidramina (50 mg/mL)
Dose: IV/IO
1 - 2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 1 mL de NaCl 0,9%


  • Indicação: anafilaxia (após utilização da adrenalina) e tratamento de reação extrapiramidal por medicações
  • Doses: 1-2 mg/kg (Máx: 50 mg = 1 mL)
  • Via de Administração: IV / IO ou IM
  • Observações: Velocidade de infusão máxima: 25 mg/min

Etomidato (2 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,2 - 0,4 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: sedação
  • Doses: 0,2-0,4 mg/kg (Máx: 20 mg = 10 mL)
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Infusão em 30-60 s
    A utilidade deste agentes na população pediátrica ainda não é estabelecida, segura em >10 anos
    Sem propriedade analgésica
    Diminui a pressão intracraniana e taxa metabólica cerebral
    Pode ocasionar insuficiência adrenal

Fenitoína (50 mg/mL)
Dose: IV/IO
15 - 20 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 10 mL de NaCl 0,9%


  • Indicação: convulsão
  • Doses: 15-20 mg/kg, pode ser repetida a dose (Máx: 1 g)
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Precipita se diluída em soro glicosado
    Velocidade de infusão máxima: 50 mg/min

Fenobarbital (100 mg/mL)
Dose: IV/IO
15 - 20 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 20 mL de NaCl 0,9%


  • Indicação: convulsão (primeira escolha no período neonatal)
  • Doses: 10-20 mg/kg (Máx: 1 g/dose = 10 mL), pode ser repetida até o máximo de 40 mg/kg
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Utilizar o fenobarbital para uso intravenoso, cuidado com a apresentação de uso exclusivo IM
    Velocidade máxima de infusão: 50 mg/min
    Velocidade de infusão 1 mg/kg/min, máxima de 30 mg/min para crianças e 60 mg/min para adultos

Fentanil (50 mcg/mL)
Dose: IV/IO
1 - 3 mcg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: NaCl 0,9% ou SG 5% 3-5 mL lento


  • Indicação: sedação e analgesia
  • Doses: <6 anos: 0,3-1,5 mcg/kg e >6 anos: 1-5 mcg/kg. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações:
    Infusão lenta em 1-3 min (risco de rigidez torácica se infusão rápida)
    Iniciar com doses menores e titular de acordo com a resposta

Flumazenil (0,1 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,01 - 0,02 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: intoxicação por diazepínico
  • Doses: 0,01 mg/kg-0,02 mg/kg, pode ser repetido a cada minuto conforme necessidade até dose máxima acumulada de 1 mg = 10 mL
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Meia vida curta, pode ser necessário repetir doses

Glicose 25% (250 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,5 g/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: Hipoglicemia (Neonato < 45 mg/dL / crianças e adultos < 60 mg/dL)
  • Doses:
    0,5-1 g/kg. Dose Máx: 25 g
    SG 25%: 2-4 mL/kg
    SG 10%: 5-10 mL/kg
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: A concentração máxima preconizada é 25% (em recém nascidos 12,5%)

Gluconato de cálcio 10% (100 mg/mL)
Ca: 0,46 mEq/mL = 9,31 mg/mL

Dose: IV/IO
60 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: sem diluição


  • Indicação: hipocalcemia, hipercaliemia, hipermagnesemia, intoxicação por bloqueador de canal de cálcio
  • Doses: 60 mg/kg = 0,6 mL/kg (Máx: 3 g = 30 mL), velocidade máxima: 10 mL/min
    Repetir após 10 min se necessário
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Situações que não forem PCR: infusão em 30-60 min, preferencialmente em acesso central
    Precipita com solução contendo bicarbonato

Lidocaína 2% (20 mg/mL), sem vasoconstritor
Dose: IV/IO
1 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: FV/TV sem pulso refratárias a desfibrilação, TV (com pulso), antes da laringoscopia nas patologias que cursam com HIC
  • Doses: 1-2 mg/kg IV/IO ou 2-3 mg/kg ET. Dose Máx 100 mg
  • Via de Administração: IV / IO ou ET
  • Observações: se sem possibilidade de acesso venoso ou IO
    Pode ser utilizada ET seguida de 5 mL de NaCl 0,9% e 5 ventilações
    Existe apresentações de 0,5%, 1% e 2%

Manitol 20% (0,2 g/mL)
Dose: IV/IO
0,5 - 1 g/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: redução da pressão intracraniana associada ao edema cerebral, promover excreção urinária de substância tóxicas, promover diurese na prevenção e/ou tratamento da oligúria ou anúria devido a insuficiência renal e diminuir pressão intraocular
  • Doses: 0,5-1 g/kg. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Administrar em 3-5 min para oligúria/anúria e em 20-30 min para edema cerebral ou HIC

Midazolam (5 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,1 - 0,3 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: convulsão e sedação
  • Doses:
    IV:
    <6 meses: dose não estabelecida
    6 meses-5 anos: 0,05-0,1 mg/kg, até 0,6 mg/kg (máxima dose acumulada: 6 mg = 1,2 mL)
    6-12 anos: 0,025-0,05 mg/kg, até 0,4 mg/kg (máxima dose acumulada: 10 mg = 2 mL)
    >12 anos: 0,01-0,05 mg/kg (máxima dose acumulada: 10 mg = 2 mL)
    IN: 0,2-0,3 mg/kg (pode ser repetida)
    IM: 0,1-0,5 mg/kg (máxima dose acumulada: 10 mg = 2 mL)
  • Via de Administração: IV / IO / IN / IM
  • Observações:
    Tem propriedade ansiolítica
    Iniciar com doses menores e titular de acordo com a resposta
    Existe apresentação de midazolam 1 mg/mL

Naloxone (0,4 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,1 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: intoxicação por opioide
  • Doses:
    <5 anos ou <20 kg: 0,1 mg/kg (Máx: 2 mg = 5 mL) IV/IO/ET/SC
    >5 anos ou >20 kg: 2 mg (Máx: 2 mg = 5 mL) IV/IO/ET/SC
  • Via de Administração: IV / IO / ET ou SC
  • Observações:
    Meia-vida curta, podendo ser necessário repetir dose
    Pode ser utilizada ET seguida de 5 mL de NaCl 0,9% e 5 ventilações
    Existe apresentação 0,02 mg/mL

Procainamida (100 mg/mL)
Dose: IV/IO
15 mg/Kg
Dose sugerida:  
Diluição: Cada 1 mL da medicação em 5 mL de NaCl 0,9%


  • Indicação: Indicação: TSV, Flutter atrial, TV (com pulso)
  • Doses: IV / IO: 15 mg/Kg, infundir em 30-60 min
  • Observações: administração combinada com outras medicações que prolongam o intervalo QT (p. Ex: amiodarona) não é recomendada

Propofol (10 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,5 - 2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: sedação
  • Doses: 0,5-2 mg/kg. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Não tem efeito analgésico: cuidado em procedimentos dolorosos!
    Preferir doses menores e titular efeito com doses adicionais ou associação de medicação

Rocurônio (10 mg/mL)
Dose: IV/IO
0,6 - 1,2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: não necessária


  • Indicação: bloqueio neuromuscular na SRI
  • Doses: 0,6-1,2 mg/kg. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações: Não tem efeito sedativo, analgésico ou ansiolítico
    Ação prolongada na insuficiência hepática

Succinilcolina pó (100 mg)
Dose: IV/IO
1 - 2 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Diluir 1 frasco (100 mg) em 5 mL de NaCl 0,9% (concentração 20 mg/mL)


  • Indicação: bloqueio neuromuscular na SRI
  • Doses:
    IV/IO: 1-2 mg/kg
    IM: 2-4 mg/kg
  • Via de Administração: IV / IO e IM
  • Observações:
    Fazer defasciculação com 1/10 da dose de um bloqueador não despolarizante (rocurônio ou vecurônio) antes para evitar contratura muscular
    Não tem efeito sedativo, analgésico ou ansiolítico
    Risco de hipertermia maligna
    Contraindicação: trauma grave, queimadura, hipercaliemia, insuficiência renal, miopatia, glaucoma e TCE
    Início de ação: 1 min
    Duração: 5 min
    Apresentação 100 mg e 500 mg
    Dose IM utilizar concentração 50 mg/mL

Sulfato de Magnésio 10% (100 mg/mL)
Dose: IV/IO
25 - 50 mg/Kg
Dose sugerida:  
Diluição: Bolus: 1 mL da medicação em 2,5 mL AD (concetração 40 mg/mL)


  • Indicação: TV com Torsades de pointes, hipomagnesemia ou asma
  • Doses: 25 - 50 mg/Kg (Máx 2 g)
  • Velocidade de Infusão:
    - TV sem pulso com Torsades de pointes: infusão em bolus
    - TV com pulso associada a Torsades de pointes ou hipomagnesemia: infusão em 10 - 20 min
    - Asma: infusão em 15 - 30 min
  • Diluição:
    - Bolus: cada 1 mL da medicação em 2,5 mL AD (concentração 40 mg/mL)
    - Infusão lenta: cada 1 mL da medicação em 10 mL SG5% ou AD (concentração 10 mg/mL)
  • Observações:
    Concetração Máx. 200 mg/mL
    Ter disponível gluconato de cálcio para, caso necessário, reverter a toxicidade pelo magnésio

Tiopental pó (500 mg)
Dose: IV/IO
2 - 5 mg/kg
Dose sugerida:  
Diluição: Diluir 1 frasco (500 mg) em 50 mL de NaCl 0,9% ou SG5% (concentração: 10 mg/mL)


  • Indicação: convulsão e sedação
  • Doses: 2-4 mg/kg IV/IO. Não há dose máxima
  • Via de Administração: IV / IO
  • Observações:
    Indicado na HIC, pois tem efeito neuroprotetor: diminui a taxa metabólica cerebral, a demanda cerebral de O2 e pressão intracraniana
    Evitar infusão rápida pelo risco de hipotensão

Terbutalina (0,5 mg/mL)
Dose: IV/IO
10 mcg/kg
Dose sugerida:
Diluição: Diluir em 50 mL de SG 5%


  • Indicação: asma e hipercaliemia
  • Doses:
    Ataque IV/IO: 2-10 mcg/kg em 30 min
    SC: 10 mcg/kg (Máx: 0,4 mg) até a dose de ataque IV/IO ser iniciada, fazer sem diluir. Pode repetir dose após 30 min.
  • Via de Administração: IV / IO ou SC
  • Observações: Pode causar hiperglicemia, hipocaliemia e taquicardia
    Após ataque, iniciar infusão contínua (vide abaixo)

   
Botão Voltar ao topo