DesenvolvimentoSaúde e Desenvolvimento

Com qual frequência ir ao pediatra?

Compartilhe conhecimento:
Se você cuida de uma criança pequena, sabe a quantidade de compromissos e atividades que é preciso incluir na programação do dia a dia. Uma coisa que não pode faltar na sua agenda é a consulta com o pediatra. Apesar de ser procurado, muitas vezes, apenas quando a criança está com algum sintoma, esse profissional é essencial para garantir o desenvolvimento saudável dos pequenos.

Quando consultar o pediatra?

Ao contrário do que muitos pensam, a relação com o pediatra deve começar antes mesmo da criança nascer, na gestação. Uma consulta pré-natal com o pediatra é importante para os primeiros momentos da relação entre filho e pais. Esse profissional pode, inclusive, dar dicas para a sala de parto e para a permanência do bebê na maternidade.
Quando o bebê já estiver em casa, as avaliações do especialista serão voltadas para o acompanhamento de ganho de peso, amamentação, presença de icterícia, evacuações, testes do pezinho, da audição, estabelecimento do calendário de vacinação etc.

Por isso é tão importante seguir as indicações de frequência para as consultas, prevenindo possíveis problemas, além de ser um momento de esclarecimento de dúvidas, orientações sobre a rotina e as melhores formas de cuidar da criança. A Sociedade Brasileira de Pediatria tem recomendações específicas sobre o número de consultas para cada faixa etária da criança. Veja na tabela a seguir:

tabela visita ao pediatra

Se você, como a maioria das pessoas, está sempre na correria, uma dica valiosa é manter a sua agenda organizada. Marque as consultas com antecedência e deixe tudo registrado e, se possível, com lembretes. Assim, você sempre terá um espacinho para esse momento superimportante para a saúde do seu filhote.

Como você pode perceber, do nascimento do seu filho até o início da adolescência, você vai conviver muito com o pediatra. O vínculo e a confiança dos pais com o pediatra influencia a evolução da saúde do bebê, além do acompanhamento da alimentação, hábitos, crescimento e desenvolvimento adequados para cada criança.

Lembre-se: quanto mais cedo você iniciar os cuidados com o seu filho, mais qualidade de vida ele terá no futuro.

Fontes:

1 – Sociedade Goiana de Pediatria – https://www.sbp.com.br/filiada/goias/noticias/noticia/nid/com-que-frequencia-ir-ao-pediatra/#:~:text=Nas%20situa%C3%A7%C3%B5es%20mais%20comuns%2C%20a,dos%20sete%20meses%20do%20beb%C3%AA.
2 – Sociedade Brasileira de Pediatria – https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/criancas-que-nao-vao-ao-pediatra-com-frequencia-tem-duas-vezes-mais-chances-de-serem-hospitalizadas/
Etiquetas
Mostrar mais

PortalPed

Somos um grupo de pediatras que adoram compartilhar conhecimentos sobre a profissão com nossos colegas, com estudantes de Medicina e com o público no geral. Venha conosco nesta jornada de aprendizado!
Botão Voltar ao topo