NutrologiaSaúde da Criança

Vitamina C – Ácido Ascórbico

Compartilhe conhecimento:

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, tem várias funções no organismo, como: transporte de ácidos graxos, síntese de colágeno (importante na cicatrização de tecidos), síntese de neurotransmissores, metabolismo da prostaglandina (atenuando a resposta inflamatória), auxilia na hematopoiese (aumentando a absorção do ferro no intestino delgado) e síntese de óxido nítrico. A maioria dos mamíferos pode sintetizar vitamina C a partir da glicose, com exceção de primatas, assim, é considerada nutriente essencial para os seres humanos. A sua carência é chamada de escorbuto e teve papel importante na história, sendo descrita na literatura egípcia, grega e romana. Na era renascentista os exploradores britânicos e europeus foram devastados pelo escorbuto. O escorbuto foi uma das principais causas de morbidez e morte em grande parte da Europa durante a grande fome da batata, a Guerra Civil dos Estados Unidos, a exploração ao Polo Norte e a corrida do ouro na Califórnia. O capitão James Cook foi um dos primeiros a demonstrar que os marinheiros que passavam meses no mar podiam evitar o escorbuto mantendo uma dieta rica em vegetais. Entre 1928 a 1931, Szent-Gyorgyi isolou o ácido hexurônico, posteriormente denominado Vitamina C,  do repolho, laranja e páprica, posteriormente descobriu-se que seu consumo evitava o desenvolvimento do escorbuto. Continue lendo nosso artigo de revisão sobre a Vitamina C.

portalped - divisor cadeado

Está gostando desse texto?

Cadastre-se gratuitamente no PortalPed para ler o restante da matéria!

 

 

Etiquetas
Mostrar mais

Dr. Breno Nery

Médico pediatra especializado em medicina intensiva pediátrica, com graduação pela Universidade Federal de Pernambuco e especialização pela Unicamp.

Artigos Relacionados

Do mesmo autor

Fechar
Botão Voltar ao topo